• Nossa Base

O que NÃO fazer em uma campanha eleitoral

Atualizado: Set 3

Por Débora Sadde


Para ter uma campanha eleitoral de sucesso, o planejamento é fundamental. Alguns fatores não podem faltar na hora de montar a sua estratégia para os meses de campanha. Vejamos alguns deles:


1. Subestimar o poder das redes sociais

Como sabemos, o acesso à internet é cada vez maior no Brasil e, por isso, os candidatos não podem ignorar essa realidade. As redes sociais são uma oportunidade de gerar identificação, empatia, e também de fazer relacionamento de forma maximizada. Não dá para abrir mão dessa vantagem!

Aqui no blog temos várias dicas de como usar as redes sociais a seu favor. Não é necessário usar todas as redes sociais existentes, entenda qual se adapta mais à sua realidade, à realidade dos seus eleitores e do seu município, e invista massivamente.


2. Não fazer um cadastro de contatos

O candidato que não catalogar os dados das pessoas com quem interage, seja por meio de reuniões presenciais, seja pelas redes sociais —aquela pessoa que curte, comenta ou compartilha o seu conteúdo— , está perdendo uma grande oportunidade. Organizar um banco de cadastro de contatos com pelo menos informações chaves sobre esses possíveis eleitores fará diferença na sua estratégia de campanha, tornando-a muito mais certeira.

Informações como nome, telefone, redes sociais, bairro, temas de interesse e grau de proximidade, por exemplo, podem te ajudar a ter mais clareza das estratégias para conquistar cada um desses contatos e potencializar o apoio deles.


3. Não conhecer o seu eleitor

Sem conhecer o seu eleitor e sem encontrar o seu público-alvo fica mais difícil definir a estratégia de comunicação e também suas propostas. Considerar quais características em comum a maior parte do seu eleitorado possui, o que pensam, quais são suas preocupações e aspirações será importante para nortear suas escolhas durante a campanha e o mandato, inclusive.

Você poderá utilizar dados que as redes sociais disponibilizam, engajamento, o próprio perfil do candidato, seu histórico de relacionamento, onde cresceu e quais foram seus projetos para a construção e entendimento desse público.


4. Não cumprir as leis eleitorais

O limite, às vezes, é muito tênue entre o que pode, o que não pode e quando pode. A cada eleição as regras eleitorais se atualizam, por isso é preciso ter uma assessoria jurídica especializada que possa dar orientações durante todo o processo de campanha eleitoral. Essa assessoria vai cuidar para que cada ação seja realizada dentro da lei, evitando sanções, multas, além de também analisar discursos.


5. Não ter uma equipe profissional para a campanha

E, por fim, mas não menos importante, campanha eleitoral não é lugar para amadorismo. Alguns candidatos, por inexperiência, falta de verba ou outros motivos, acabam gerindo a campanha sozinhos ou apenas com a ajuda de amigos e familiares, porém é extremamente necessário profissionalizar esse processo. Atrás de todo candidato eleito existe uma equipe composta por pessoas especializadas e competentes.

Uma campanha eleitoral de sucesso demanda pessoas específicas para contato com a população, gerenciamento de redes sociais, estudos acerca do cenário político atual, administração de recursos, atenção à legislação e outras muitas tarefas. O candidato sozinho ou cercado de pessoas em cargos chaves que não tenham o conhecimento adequado não dará conta de fazer todas as ações necessárias para ser eleito.


Assim, encerramos os 5 principais erros que você não pode cometer em sua campanha se quiser ser eleito ou eleita. Se precisar de mais orientações ou se ficou com alguma dúvida, entre em contato conosco. É só nos chamar no WhatsApp!

Débora Sadde é advogada e faz parte do Nossa Base, um projeto BaseLab para capacitação de profissionais que atuam em campanhas eleitorais. Ela está disponível para trabalhar em campanhas no Rio de Janeiro, Niterói e Região Sul Fluminense.

Sobre Nossa Base

É a primeira rede brasileira de profissionais eleitorais progressistas espalhados pelo Brasil.

Contato

Quero contratar a Base.Lab, como eu faço? Sabemos que essa é uma grande questão depois que vocês conhecem nossos serviços. Não se aflija, basta deixar o seu contato abaixo que iremos tirar todas as suas dúvidas.

Contagem para as Eleições 2020