Plano de governo como instrumento de gestão e política

Por Lucas Prates


O período eleitoral transforma a vida na cidade. Chega o tempo das promessas, das mobilizações e das articulações políticas. A estética da cidade muda, os muros tomam cores, os citadinos passam a discutir ativamente por que e qual candidato votar.

Portanto, o período de campanha eleitoral é o período que a cidade se abre para a mudança. Para estar bem preparado para esse período, nada melhor que um bom plano de governo para comunicar-se com os munícipes!

O plano de governo é elo entre o candidato político e a cidade. Um candidato com um bom plano de governo, seja ele para o legislativo ou executivo, consegue comunicar com clareza quais são as diretrizes que pretende traçar para a cidade nos próximos quatro anos, caso seja eleito.

Para tanto, elencamos algumas sugestões para elaborar um bom plano de governo para sua campanha.

- Diagnóstico: Um bom diagnóstico deve considerar a realidade do município como um todo, considerando indicadores e o dia a dia do município. Os dados podem ser levantados a partir de fontes públicas e, geralmente, estão disponíveis em sítios governamentais ou organizações da sociedade civil. Conversas com lideranças e atores locais também permite compreender como as políticas setoriais estão se desenvolvendo.

Após o levantamento dessas informações, o candidato